Página Inicial » Faq’s

Faq’s

Nos Serviços de Medicina Nuclear realizam-se exames e tratamentos.
Os Tratamentos em Medicina Nuclear habitualmente exigem alguns cuidados mas, caso a caso, os médicos e restantes profissionais do Serviço, esclarecê-lo-ão sobre os mesmos.
Em caso de dúvida não hesite nunca em pedir esclarecimentos aos profissionais do Serviço de Medicina Nuclear a que foi enviado pelo seu médico assistente.
Os Exames de Medicina Nuclear:

Não são perigosos

Não são perigosos

A quantidade de radiação envolvida habitualmente não é maior do que a de uma simples radiografia.
As substâncias administradas não são tóxicas e não estão associadas a efeitos desagradáveis frequentes ou significativos.

Não são habitualmente dolorosos

Não são habitualmente dolorosos

Na grande maioria dos casos, os exames não doem mais do que uma simples injecção para colheita de sangue para análises.
Durante a realização das imagens habitualmente ser-lhe-á apenas solicitado que fique quieto, para que a qualidade do exame seja boa.

Podem ser realizados a crianças

Podem ser realizados a crianças

Os exames não são perigosos para crianças, sendo usada uma quantidade de substância e de radiação mais pequena, de acordo com o peso, altura e idade da criança.

Após a sua realização pode regressar à sua vida normal

Após a sua realização pode regressar à sua vida normal

Se for necessário ter algum cuidado especial no emprego ou em casa, os profissionais dos Serviços de Medicina Nuclear informá-lo-ão, antes da realização do exame ou tratamento.

No dia do exame pode trazer um acompanhante

No dia do exame pode trazer um acompanhante

Sim, mas este não deve ser uma grávida, criança ou adolescente.

Não devem ser realizados a mulheres grávidas ou a amamentarem

Não devem ser realizados a mulheres grávidas ou a amamentarem

Apesar de a quantidade de radiação utilizada ser muito pequena e não perigosa, deve evitar-se fazer o exame a mulheres grávidas, a não ser que seja imperioso.
No caso de uma mãe a amamentar, a substância usada para o exame passa para o leite materno e por isso mesmo, poderá ter que ser necessário interromper a amamentação durante algumas horas, dias ou definitivamente. O médico de Medicina Nuclear dar-lhe-á indicações precisas, particularizadas ao exame específico a que se irá submeter.